15 outubro 2008

De Viagem

Na bagagem
levo muitos planos
e pra onde eu vou a dor
não pesará tanto.

E um filme
em minha mente
passa em preto e branco
e quanto valor eu dou
até aos meus enganos.

A indecisão vem junto
com o que é novo
e seja como for
já estou pronta de novo.

E leve o tempo que levar
eu não meço esforço
mas seja como for
eu não vou
pro fundo do poço.

Sei que tudo nessa vida
 não é só flor
e que é difícil ter esperança
com tanto horror
em volta do mundo
e é nessas horas
que eu me pergunto:

- onde está o amor?
- que fim ele levou?
- será que para onde eu vou
eu irei ao seu encontro?.

video

09 outubro 2008

Sobre o Natural


Manso, quieto, calmo, devagar;
Assim você veio a mim
sem programar.
Surpresa, espanto,
encanto no olhar;
Eu não contive em mim
o que se fez revelar.

Incontrolável,
devastador, brutal;
A paz que havia em mim
deu lugar a um temporal.
Desejos, sonhos
fora do normal;
Sua vinda fez de mim
um ser sobrenatural.

Mas veio manso quieto,
calmo, devagar
e causou o espanto
do meu olhar.
Mudou devastadoramente
o total dos meus conceitos
sobre o natural.