30 abril 2008

Nem Sempre Fui Assim


Perdi a direção.
Meu rumo agora é a contramão.
Meu pobre coração se alimenta
apenas de recordação.

Mas nem sempre eu fui assim.
Não, eu não era assim.
Onde foi que eu me perdi?
Quem tirou a razão de mim?

Se o que eu fiz
não mereceu perdão,
estou amargando a minha punição.
Quem tinha tudo nas mãos
não aceita a sua
própria prostração.

E eu não posso admitir.
Não, não quero isso pra mim.
Que pecado eu cometi?
Quem me indicará um fim?

Mas eu não era assim.
Não, eu não era assim.
Onde foi que eu me perdi?
Quem tirou a razão de mim?!.

26 abril 2008

Vida de Maria




Oh, Maria, sorri que a vida
é tão bonita de se viver.
Enxuga as lágrimas do seu rosto
que por desgosto teimam em correr.

A alegria só é curtinha
pra quem tem medo de vir a sofrer.
O trevo no bolso,
o terço no pescoço e a figa
não deixam a má sorte vencer.

O céu é grande mas não o bastante
pra que um sonho venha a se perder.
Faça um pedido e quem sabe um dia
uma estrelinha brilhe pra você.

 

Mesmo ausente saiba que existe
alguém que almeja o seu bem querer.
Pois, quando se ama não há distância
e cedo ou tarde o amor acha você.

Deixa a vida de Maria sorrir
como um raio brilhante a luzir.
Deixa a vida de Maria seguir
sem o medo de chegar no fim.
Deixa a vida de Maria inferir
que sentimentos são bons e ruins.
Deixa a vida de Maria ser feliz,
passarinho livre do gaiolim!.

video

25 abril 2008

Gênesis


Nos seus olhos eu consegui ver
os mais lindos sonhos
que um ser humano pode ter
e por mais irrisório
que isso possa parecer

seus olhos me fizeram crer
inclusive em coisas
que eu não posso ver ou ter.

Nas linhas das suas mãos pude ler
derrotas e glórias
de histórias feitas por você

e por mais ilusória
que essas minhas visões possam ser

nas linhas da sua mão pude ler
que não se molda o destino

simplesmente ao nosso querer.

Seu discurso me fez compreender
que punhos cerrados
não são tão fortes

quanto demonstram ser
e por mais necessário que o uso da força
possa parecer
suas palavras comprovaram
que todos nós viemos do pó
ao mesmo vamos volver.

video

22 abril 2008

Lei da Atração




O amor que deixa feliz
é o mesmo que faz infeliz.
Choro que foi de tristeza
será de alegria,
a vida é assim;
misto de altos e baixos,
de certo e errado,
de bom e ruim.
Mas nada se dá por acaso
e só cabe ao destino
saber o que deve vir.

Não se vive ao pé do passado;
o tempo deve prosseguir.
Assim ficará bem mais fácil
da sorte ao lado, um dia, surgir.
O sonho alcançado
se agarra com todas as forças
sem deixar fugir.
O caminho trilhado
é cheio de embaraços
que podem afastar o fim.


E a mão que afaga
também apedreja!
A palavra que acalma
também incendeia!
A riqueza à farta
também se rarea!
A solidão ingrata
é também companheira!

Pra tudo existe dois lados
e está comprovado
os opostos atraem, sim!

21 abril 2008

Vazio


Meus dias passam
sem nenhuma graça.
O tédio vem e arrasta
algo bom de mim.
Sinto falta
de ouvir o som de vozes
e risadas;
Tá vazio aqui!

Vivo rodeada
de cadeiras vagas.
Solidão maltrata até o fim.
O mundo desaba
se um sonho acaba
e a esperança parece ruir.
Tá vazio aqui!

Quantos traumas
superei calada
e tanta gente achava
que eu era feliz.
Sinto falta
de uma paixão que marca;
meu coração fala:
- Tá vazio aqui!
 
video

19 abril 2008

Idas e Vindas


Sente no ar
que vai que vem
um suspiro tristonho
de alguém.

Olha pro mar
que vai que vem;
de idas e vindas
ninguém vive sem.

Choro por amar
se vai, se vem
mas dor e tristeza
é preciso também.

Me deixa cantar
e vai e vem;
abro o meu peito
e mostro o que tem.

E vai e vem;
a minha tristeza
é igual a de quem?!.

O quanto vai durar
esse vai e vem?
O tempo desgasta
sem poupar ninguém.

Como advinhar
quem é que vai, que vem?
Se idas e vindas
todo mundo tem.

Por que tanto falar
de vai e vem?
Se nem só as palavras
respondem também.

Me deixa cantar
e vai e vem;
abro o meu peito
e mostro o que tem.

E vai e vem;
A minha tristeza
é igual a de quem?!.