25 outubro 2009

Labirinto

Se eu falar 
minha dor não cessa.
Se eu me calar 
o alívio não me cerca.
Estou perdido 
em um labirinto.
Entre o bem e o mal 
qual o melhor 
que se encaixa comigo?
Eu não quero ser 
um anjo de candura
e nem tão pouco 
um anjo decaído.
Eu quero ser eu, 
bruta matéria original
em todos os sentidos.

Se eu me isolar 
meus problemas não cessam.
Se eu os encarar 
talvez soluções sirvam de alerta
aos meus sentidos 
pra despertar os meus instintos.
Entre o bem e o mal 
qual o melhor
que se encaixa comigo?
Não quero ser nenhum tirano 
e nem tão pouco
um salvador em pleno sacrifício.
Eu quero ser eu, 
bruta matéria original
em todos os sentidos.

Eu quero ser eu, 
bruta matéria original
e em processo evolutivo.

Um comentário:

magiadavida-jana disse...

Oi Dani, passei pra deixar um beijo e dizer que se fizer a luminária, não esquece de me mostrar, tá?
Beijos mágicos