02 janeiro 2014

Lua Cheia


Um brilho envolvente
alivia o meu temor.
É como um bote salva-vidas
resgatando o que sobrou.

E eu só sei que eu vou...

Onde o vento faz a curva
deixo toda a minha dor
e recomeço como a lua
uma nova fase pro esplendor.

E eu bem sei 
que a lua cheia
é maré cheia.

E eu bem sei 
que a lua cheia...

Mexe com os vivos,
interfere nos sentidos,
toda a noite clareia
e deixa o céu 
coberto de estrelas.

Mexe com os signos,
interfere no juízo,
toda a noite incendeia,
te eleva ao céu
ou te rebaixa ao léu.

E eu bem sei 
que a lua cheia
é maré cheia.

E eu bem sei 
que a lua cheia...





Nenhum comentário: