03 abril 2011

Querer Não É Poder


Vai e não olhe pra trás.
Deixa o tempo correr.
Sai, estou em missão de paz
e prometo não me arrepender.

Faz a sua escolha e sai.
Almejo sorte pra você.
Vai e não olhe pra trás.
Há um rumo novo a percorrer.

Mas quais são as falhas
que me faz uma chance a mais
não poder merecer?
Iguais!
Não são os pesos
que nos dizem mais
o quanto erramos
se nos enganamos iguais.

Mas pensei saber
que o fim nunca ia acontecer,
que o que havia entre nós
era forte o bastante
pra não desfalecer
e aguentar os erros
que cedo ou tarde iriam aparecer.

E querer não é poder.
Te quero tanto
mas não posso ficar com você.

Um comentário:

Anita Melo disse...

Pois é, infelizmente querer não é poder.